Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Santa Cruz: Tensão e citações bíblicas marcam sessão na Câmara Municipal

                          Vereador Monik nega a carta renuncia e pede anulação da Ata da última sessão

  Para quem esperava algo tenso na sessão da Câmara Municipal de Santa Cruz referente aos últimos acontecimentos da política local acertou em cheio. Troca de acusações entre o ex-G5, Monik Melo e vereadores oposicionistas marcaram essa noite de terça-feira 26 na CM. 

Com galeria lotada por maioria de simpatizantes e familiares do

 Junior dos Bodes chama Monik de mentiroso

do ex-oposicionista Monik Melo, o presidente Vereador Samuel Palhares abriu os trabalhos determinando ao vereador Josemar Bezerra que fizesse a leitura da Ata da última sessão. 

Na sequencia o Presidente Samuel convocou o vereador Pedro Dério para presidir os trabalhos e se retirou da sessão visivelmente incomodado com a presença do ex-G5 na mesa. 

Monik no entanto pediu a anulação da Ata onde tinha o registro de sua "suposta" renuncia, mas os vereadores da própria situação a qual ele agora faz parte, Aninha de Cleide e Tarcísio não apoiaram o pedido de Monik e aprovaram a polêmica Ata. 

O Ex-G5, Monik se defendeu das acusações e acusou os seus pares de 
armarem a suposta carta de renuncia.

Josemar criticou a postura do Ex-G5

O momento mais tenso foram nos pronunciamentos dos vereadores Junior do Bodes e Josemar Bezerra. 

Um ponto peculiar entre Monik, Junior dos Bodes e Josemar Bezerra foram as citações bíblicas para se justificarem perante o publico. 

Com certeza a sequencia das próximas sessões no legislativo o vereador Monik será o tema das discussões mais acirradas, esse mal-estar vai demorar a cicatrizar naquela casa.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário