Total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Fifa muda critério de sorteio e confirma atrasos na Copa do Mundo de 2014

No primeiro grande evento de “aquecimento” para a Copa do Mundo de 2014, realizado na Costa do Sauípe, na Bahia, a Fifa divulgou algumas mudanças nos critérios para o sorteio dos grupos da primeira fase do Mundial. O sorteio, que acontece nesta sexta-feira, também na Costa do Sauípe, terá quatro potes (numerados de 1 a 4) que definirão as quatro seleções que formarão cada um dos oito grupos (nomeados pelas letras A até H).
Como na Copa da África do Sul, o pote 1 se mantém com os cabeças de chave, contendo as sete melhores seleções ranqueadas pela Fifa até outubro, além do Brasil, país-sede. O pote 2 terá sete equipes e não 8, como de costume -, sendo cinco africanas e duas sul-americanas.
As quatro seleções asiáticas se juntarão às quatro seleções da Confederação de Futebol da América Central e do Norte (Concacaf) no pote 3, enquanto o pote 4 terá as nove equipes europeias restantes.
A mudança inclui dois sorteios a mais no evento de sexta-feira. Antes de definir os componentes de cada grupo, a Fifa irá sortear uma das nove equipes europeias do pote 4 para complementar o pote 2 (com africanos e sul-americanos), deixando todos os potes com oito equipes.
O segundo sorteio alocará cada seleção cabeça de chave em um dos oito grupos da Copa. O Brasil, por ser o país-sede, já está automaticamente alocado no grupo A.
A terceira etapa do sorteio será a de um pote chamado “X”, que terá as quatro seleções cabeças de chave da América do Sul (Brasil, Argentina, Colômbia e Uruguai). Dentre essas quatro, uma será sorteada para ter em seu grupo o europeu que “sobrou” no pote 2.
E daí em diante, o sorteio continua normalmente, alocando as equipes de cada pote nos diferentes grupos, respeitando apenas a regra de que cada chave pode ter no máximo duas equipes da Europa e apenas uma da América do Sul.



Nenhum comentário:

Postar um comentário